Brasil

Ministro do STF libera missas e cultos no pior momento da pandemia

Depois do março mais letal da pandemia, com a média móvel de mortes acima dos 3 mil, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques liberou, no fim da tarde de sábado (3), missas e cultas em todo o país.

Marques é o indicado por Bolsonaro na suprema corte e publicou a decisão em pleno sábado de aleluia. No documento cita que devem ser aplicados protocolos de segurança sanitária nos espaços religiosos, mas o Brasil vê todos os dias inúmeras festas e outras aglomerações clandestinas e que não são interrompidas pela fiscalização, com as milhões de igrejas e templos religiosos por todo Brasil também não será diferente.

A decisão vai na contramão das orientações de segurança e de isolamento social para conter o avanço da pandemia no país e foi comemorada pelo presidente em suas redes sociais.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo