Opinião

Tempos sombrios na educação

Por Cleverson José Catore

Em tempos sombrios, onde a educação e a ciência são atacadas é hora de parar. No jogo de xadrez da politicagem, onde pode mais quem tem poder financeiro, há que se esclarecer as mentiras que circulam por parte do governo do Paraná.

Governo, que, se de fato, respeitasse seus educadores, faria valer a lei. Mas mente para acabar com a educação pública. Educação que tem muito a melhorar: valorização de seus profissionais, estruturas das escolas, formação de professores e agentes educacionais. Um pacto pela educação.

Não engodos para mascarar a realidade. Mente à sociedade que melhorará o plano de carreira dos educadores, quando na verdade segrega e nada agrega! Mente, quando mascara avaliações externas e diz que nossa educação vai bem. Não vai!

Enquanto professor, nunca faltarei ao meu dever de estar com os estudantes no processo ensino aprendizagem! Mas também, não me curvarei às mentiras, à sacanagem, à “política” da República Velha, onde aos amigos do Rei as benesses da lei e outras “cositas”. Onde a coisa pública é transformada em benesses para os aduladores de ocasião.

Resistir é necessário, mesmo se derrotas tivermos, lembremos de Dom Arns, o bispo centenário: “As derrotas do povo não são eternas”! E apesar dos tempos sombrios “amanhã será outro dia”! Resistir é preciso!

*Cleverson José Catore, é professor de filosofia em Cianorte.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo