A Prefeitura de Maringá avança nas ações de transparência e para concretizar os conceitos de Smart City e de Cidade Classe Mundial. Uma das ferramentas mais importantes na Gestão Ulisses Maia dentro disso é a transformação digital dos processos administrativos e do atendimento da população.

O Sistema Eletrônico de Informações (SEI) já implantou quase 13 mil procedimentos online desde o final de 2020, o que acabou com o trâmite de papel, reforçando a gestão sustentável. Mas também focando na eficiência e agilidade processual, já que os procedimentos ficam disponíveis para ações simultâneas e colaborativas pela internet.

“Até então muitos desses processos internos circulavam em pasta de papéis com os diversos documentos. Os setores recebiam as pastas e depois despachavam para o próximo responsável. Um processo moroso com diversas dificuldades”, explica o secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, Marcos Cordiolli.

“Com o SEI, os processos circulam com todos os documentos digitalizados. Podem ser tramitados em vários setores da Prefeitura em simultâneo. Os gestores verificam o estágio de processo a qualquer momento. Estamos racionalizando e tornando processos mais eficientes”, diz.

O SEI propicia o acesso remoto em multiplataformas e multitarefas, assinatura digital, agilidade e a transparências dos procedimentos da administração municipal. “Muitos processos podem ser solicitados e acompanhados de casa, do escritório ou da empresa”, explica a gerente de implantação do sistema, Andreia Ribeiro.

TECNOLOGIA – Entre as opções do SEI estão treinamento, publicações eletrônicas, documentos, acesso do servidor público, cadastro imobiliário, recursos de autos, autorização para uso de espaços esportivos, entre outros serviços. É mais um avanço nas ações tecnológicas da Gestão Ulisses Maia, com uma cidade inteligente disponibilizando a tecnologia para o cidadão. Além de outros projetos como alvará online, do Parque Tecnológico, ISS Tecnológico, placas fotovoltaicas, entre outros.

O SEI foi desenvolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) para uso gratuito e livre pelas administrações públicas.

• Confira a plataforma do SEI

Escrito por:

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Você também poderá gostar de:

[related_post]