Maringá

Procon e ANP vistoriam postos de combustíveis de Maringá

Procon de Maringá e a Agência Nacional de Petróleo (ANP) fazem hoje (8) e amanhã (9) uma operação integrada vistoriando postos de combustíveis. A Guarda Civil Municipal dá apoio para a ação. O foco é fazer testes e análises da qualidade e quantidade dos produtos e também do funcionamento das bombas.

Foram coletadas amostras de gasolina, etanol e diesel. Em caso de flagrado algum problema, o estabelecimento pode ser autuado e até interditado. “O Procon tem um trabalho permanente de fiscalizar os postos em Maringá”, comenta o fiscal Bruno Bieli. “Agora fazemos uma ação mais intensa com participação da ANP”.

Logo no primeiro estabelecimento vistoriado no começo da manhã, na avenida Tuiuti, o Procon encontrou duas embalagens com óleo com validade vencida. Produtos foram descartados e o flagrante gerará uma autuação para o posto no final da operação.

Foram vistoriados dois postos de manhã e a ação seguirá hoje à tarde e amanhã. No primeiro posto, na avenida Tuiuti, e no segundo, na avenida Sophia Rasgulaeff, os testes realizados no momento da ação não identificaram nenhuma irregularidade.

FOCO – Também foram coletadas amostras para fazer análise em laboratório posteriormente. “A ANP faz fiscalizações frequentes direcionadas. Seja para verificar denúncias, por intimação do Ministério Público, por monitoramento de suspeitas de irregularidades, entre outras situações”, explica o especialista em regulação da ANP, Jorge Daroz.

O agente da agência do Governo Federal solicita ao posto um litro de cada tipo de combustível e faz um teste com produtos reagentes na hora para verificar se há adulteração no produto. Também é feito teste de volumetria nos equipamentos. Como colocar 20 litros de combustível num recipiente. Em seguida o volume retirado é comparado se são mesmos os 20 litros que marcam na bomba.

A Prefeitura de Maringá já vistoriou os postos maringaenses esse ano. O Procon coletou produtos para análise, como vistoriou sobre precificação e documentação. O trabalho é constante visando que o consumidor tenha um produto de qualidade e evitar irregularidades.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo