Brasil

Paciente diz ter sido esquecida em máquina de ressonância magnética

Uma mulher de de 48 anos acusa uma clínica onde realizou um exame de ressonância na clínica Defim no bairro do Itaigara, em Salvador, de ter sido esquecida no equipamento após a realização do exame. De acordo com a advogada Laura Nogueira o exame foi realizado no último domingo (13/3). Ela relata ter acionado um botão de emergência dentro da máquina, mas o mesmo não funcionou.

Segundo relatos a mulher precisou balançar as pernas e gritar para chamar atenção dos funcionários da clínica. “Eu fiquei em pânico total, mas eu também não queria ficar mais nervosa ainda, porque estava com medo de passar mal”, contou.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais acessadas

Topo