Brasil

Ong defende vacinação prioritária nas favelas cariocas

Veja

Num levantamento realizado no Rio de Janeiro, foi possível saber que nas favelas cariocas ocorreram mais mortes pela covid-19 nas favelas do Rio de Janeiro do que em 162 países. 

O número de mortes nas favelas ultrapassa o do Paraguai (2846), Dinamarca (2216), Costa Rica (2692), Austrália (909), Venezuela (1240), Moçambique (465). A informação é da ong favela.info, que mantém vários trabalhos de assistência nas periferias do Rio de janeiro. 

Foi lançada ontem, 10 de fevereiro, junto ao “Dia Estadual de Mobilização para Enfrentamento da COVID-19″ nas Favelas do Rio de Janeiro, uma ação de inúmeros coletivos demandando respostas à pandemia.  

Com a chegada da vacina, o momento é de dar um ‘basta!’ à política de negligência. As favelas precisam ser priorizadas no Plano de Vacinação contra Covid-19. 

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo