Opinião

Governador e Secretário da Educação não levam a sério o ensino ofertado pelo estado 

APP - Londrina

 

O Secretário da Educação no Paraná, Renato Feder, mostrou como é covarde ao acusar os professores pelos altos índices de evasão escolar e baixa frequência dos estudantes no ano passado.  Em suas declarações afirmam que, para resolver os problemas da incompetência dos professores, é importante monitorar as aulas presencial, usando a direção das escolas, como 171.

Para se aparecer, disse que “as aulas são chatas e de má qualidade e os estudantes não assistem mesmo.”

Por outro lado, o dito empresário e secretário, da educação, anda dizendo que o Ideb do Paraná está em alta,  graças aos esforços dos professores.  Como pode ser isso?

Competentes para alavancar o Ideb no Paraná e incompetente para ensinar?

Qualquer pessoa de bom senso não vai entender as duas posturas de Renato Feder sobre a educação no estado. Parece um samba de Crioulo doido.

Outro detalhe, nessa semana surgiu a informação que Renato Feder e o governador Carlos Massa Ratinho Junior, mantem os seus filhos num colégio em Curitiba de renome internacional, cuja mensalidade ultrapassa a quantia de R$7 mil mensais. Quem jogou luz sobre esse lado obscuro, foi o jornalista Rogério Galindo, em texto assinado na quarta-feira (27) no site plural.

Se o estado do Paraná tem uma boa metodologia de ensino, se é tão boa assim, porque os seus herdeiros nao estão estudando na rede estadual e sim estão frequentando uma escola privada, com valores exorbitantes?

Segundo informação, todos os alunos desta instituição se comunicam em inglês, sendo a língua padrão . A Língua  Portuguesa só é empregada nas aulas de língua e história do brasil. A maioria dos professores são estrangeiros.

Num levantamento pelo google, foi possível saber que a escola pertence aos Maristas, ligada à igreja católica e apontada desde o início da administração do atual governo, uma das preferidas para assumir a educação terceirizada no estado.

Nos parece que o Renato Feder e o governador, Carlos Massa Ratinho Junior, dizem sobre a educação é uma grande piada, que estão acabando com o setor para entregar a iniciativa privada a preço de bananas. De preferência para os Maristas.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo