Esportes

Gaúcho André Barbieri fica na 13ª posição no snowboard cross nos Jogos Paralímpicos de Inverno 2022

Nascido em Lajeado, a 115 km de Porto Alegre, atleta voltará a competir na madrugada do próximo sábado, 12, na categoria banked slalom

No terceiro dia dos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022, o gaúcho André Barbieri retornou à pista de snowboard cross, em Zhangjiakou, a 180 km da capital chinesa, para disputar as quartas de finais da modalidade. Nesta fase, no início da madrugada desta segunda-feira (no Brasil), 7, o atleta foi eliminado na disputa contra o chinês Yiyang Liu, o norte-americano Noah Elliott e o austríaco Renie Eckhart, terminando a competição na 13ª posição.

“Estava muito focado, mas os meus adversários erram pouco. Foi uma bateria muito difícil. De qualquer forma, estou muito feliz de estar aqui nos Jogos. O trajeto foi um dos mais divertidos que já vi em toda a minha carreira e praticar snowboard é sempre uma emoção grande. É um esporte que quase custou a minha vida. Perdi minha perna na modalidade. Então, estar aqui e representar o meu país já é uma vitória. Isso não tem preço. Agora, vou me preparar para a minha última prova, no banked slalom”, disse André.

André, que é da classe LL1, para atletas com deficiência em uma ou ambas as pernas, entrou no movimento paralímpico depois de quebrar o fêmur da perna esquerda, em 2011. À ocasião, ele caiu enquanto praticava snowboard, em Mammoth Mountain, na Califórnia, nos EUA. Depois de quatro operações para reconstruir sua perna em cinco dias, o membro afetado precisou ser amputado.

O gaúcho chegou a disputar provas de triatlo e surfe adaptado até descobrir o snowboard paralímpico. “Voltei ao snowboard porque queria voltar a surfar, ficar de pé na prancha, isso aqui [snowboard] é um surfe de alguma forma”, comparou.

A participação do gaúcho não se encerra nesta madrugada de segunda-feira. Barbieri volta a competir na madrugada de sábado, 12, a partir de 1h (de Brasília), no banked slalom. “Estou ansioso para começar a treinar no banked, porque foi a prova em que tive menos treino. Vou me preparar quase todos os dias antes da disputa. É uma competição contra o relógio, e quero acertar aquelas curvas”, projetou.

O Brasil estreou nos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022 na noite de sábado, 5, e na madrugada de sábado, 6, com os cinco atletas do esqui cross-country em ação. Na prova longa feminina (15km), Aline Rocha terminou em 7° lugar, conquistando seu melhor resultado histórico, além de ter alcançado o segundo melhor posto brasileiro, considerando todas as participações do país em Jogos de Inverno. A sétima posição de Aline só foi superada pelo desempenho do também esquiador Cristian Ribera, na prova de longa distância dos Jogos de 2018, quando foi o sexto colocado.

Na disputa longa masculina (18km) na China, em 2022, o Brasil foi representado por quatro atletas, o máximo permitido por país. O rondoniense Cristian Ribera concluiu o circuito com o 14º tempo (52min29s1), enquanto o paulista Guilherme Rocha fechou a prova em 19º lugar, com o tempo de 55min18s9, seguido pelo paraibano Robelson Lula, 20º, (57min17s7). O também paulista Wesley dos Santos terminou a disputa na 23ª posição (58min23s5).

Os cinco atletas brasileiros do esqui cross-country vão retornar à competição na noite da próxima terça-feira, 8, nas provas rápidas (sprint).

Confira a programação completa dos atletas brasileiros até o fim dos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022 e onde assistir:

Terça-feira, 8 de março23h – Classificatórias do esqui cross-country masculino e feminino sprint (Aline Rocha, Cristian Ribera, Guilherme Rocha, Robelson Lula e Wesley Santos).Ao vivo no SporTV 2

Quarta-feira, 9 de março1h – Semifinais e finais do esqui cross-country masculino e feminino sprint.Ao vivo no SporTV2

Sábado, 12 de março1h – Finais do snowboard banked slalom (André Barbieri).Flashes no SporTV 21h30 – Finais do esqui cross-country masculino e feminino média distância (Aline Rocha, Cristian Ribera, Guilherme Rocha, Robelson Lula e Wesley Santos).23h – Revezamento misto do esqui cross-country.Ao vivo no SporTV2

Domingo, 13 de março9h – Cerimônia de encerramentoAo vivo no SporTV2

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo