Internacional

Empresas Norueguesas apostam na diversidade em suas operações

Iniciativas para promover a igualdade e a inclusão têm ganhado espaço nos últimos anos e se tornado referência no mercado brasileiro; segundo rankings internacionais, a Noruega é um dos países com maiores níveis de igualdade de gênero no mundo

Marianne Fosland, cônsul-geral da Noruega no Rio de Janeiro. – foto: Davi Campana/Consulado da Noruega

A igualdade e a diversidade, princípios já consolidados há muito tempo na Noruega, permeiam as operações das companhias norueguesas estabelecidas no exterior. “Nós vemos que, de fato, quando há diversidade nas empresas, de gênero, orientação sexual, raça, isso é bom para os negócios”, afirma Marianne Fosland, cônsul-geral da Noruega no Rio de Janeiro.

E isso acontece também no Brasil. Nos últimos anos, têm crescido o número de iniciativas para promover a igualdade e a diversidade nas companhias norueguesas em atividade no país, segundo o relatório Investimentos Noruegueses no Brasil. O objetivo é ampliar cada vez mais a diversidade de suas equipes, de forma que suas operações reflitam melhor as características da sociedade brasileira. E isso implica a inclusão de pessoas de diferentes raças, faixas etárias, da população LGBTI+, com deficiência e outros grupos minoritários em seus quadros de colaboradores.

Um dos sinais de que essas inciativas têm dado resultado é a presença de mulheres na alta gestão das empresas norueguesas no Brasil – sem contar a própria cônsul-geral, que lidera a representação diplomática norueguesa no Rio de Janeiro.

A Kongsberg Maritime, fornecedora de sistemas marítimos, tem à frente da sua diretoria nacional no Brasil a executiva Cristiane de Lamare. Na empresa de energia Equinor, a Veronica Coelho é a terceira liderança feminina consecutiva no comando da companhia no país. Segundo a empresa, a diversidade gera criatividade, inovação e proporciona novas ideias e resultados positivos a partir das múltiplas experiências das pessoas, de culturas, etnias, idades e gêneros diferentes.

Já a Yara, líder mundial em nutrição de plantas, desde 2016 desenvolve ações voltadas para a inclusão e a diversidade para ter um ambiente de trabalho mais diverso. Seu programa de trainees, por exemplo, procura selecionar profissionais que representem a diversidade brasileira e tragam para a empresa diferentes ideias e experiências, agregando valor não só ao time, mas ao próprio negócio.

Sobre o relatório Investimentos Noruegueses no Brasil

A publicação é produzida a cada dois anos pelo Real Consulado Geral da Noruega no Rio de Janeiro em parceria com a Innovation Norway e apresenta um panorama dos investimentos ativos noruegueses feitos no país. A edição 2021 destaca os dados referentes ao período 2019-2020, levantados por meio de consultas a documentos e outras fontes públicas de informação e de uma pesquisa quantitativa realizada junto a empresas norueguesas com atividades no Brasil entre maio e setembro de 2021.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo