Educação

Dia dos Professores: projeto traz dicas para alfabetizar de forma lúdica e divertida

Super Autor transforma crianças em autores de livros infantis e oferece às escolas uma forma criativa de desenvolver os alunos e fortalecer sua autoestima

Professores carregam a importante missão de formar cidadãos e, por meio da educação, influenciar a sociedade como um todo. E com o mundo em constante transformação, mudam também as formas de abordagem em sala de aula e as táticas de ensino-aprendizagem. Foi pensando nisso, que o projeto SuperAutor foi criado. Com ele, professores auxiliam alunos do ensino infantil e fundamental a se tornarem autores dos seus próprios livros infantis. “Ao mesmo tempo em que imaginam e se divertem, os alunos aprendem de forma lúdica, alegre e intuitiva, desenvolvem a escrita e a criatividade e fortalecem a autoestima”, destaca Pedro Gigante, co-fundador e CEO do SuperAutor.

Além de escreverem a história, os alunos podem criar desenhos para ilustrar o livro e podem incluir uma biografia com foto. Esse processo ocorre dentro de uma plataforma, sem custo para a escola. Depois de prontos, os livros são impressos e entregues nas unidades de ensino.

O projeto prevê ainda uma sessão lúdica de autógrafos com os escritores mirins. “Sabemos da enorme responsabilidade dos professores no planejamento de suas aulas e na escolha das ferramentas e estratégias de ensino que irão adotar ao longo do ano letivo. Buscamos ser parceiros e facilitadores nesse processo, oferecendo um caminho lúdico e divertido para o letramento”, completa Gigante.

E como forma de valorizar o Dia dos Professores, o SuperAutor traz três dicas para enriquecer um plano de aula voltado ao letramento:

  1. Use a interdisciplinaridade: ser interdisciplinar envolve relacionar mais de uma disciplina em uma mesma aula ou atividade. Os alunos podem, por exemplo, aprender a ler e escrever se apaixonando por histórias e atividades que envolvam ciência, meio ambiente, geometria, história e literatura.
  2. Insira as crianças na alfabetização de forma lúdica: diversifique os métodos de ensino. Não deixe de se atualizar, de testar novidades e de desenvolver atividades lúdicas em aula. Isso é muito importante para manter os alunos engajados.
  3. Promova aulas práticas: outra forma de engajar os alunos é adotar aulas práticas e estimulantes. O SuperAutor é um exemplo possível, pois, de uma só vez, incentiva o interesse pela leitura e ajuda os alunos a terem experiências próprias – nesse caso, como autores de suas próprias histórias.

Sobre o SuperAutor:

O SuperAutor é um projeto pedagógico que transforma crianças em autores de livros infantis. Com isso, ajuda educadores a desenvolverem a capacidade criativa dos alunos por meio da escrita, transformando sonhos em realidade! Além da modalidade desenvolvida nas escolas, o projeto oferece um formato em que as crianças podem construir seus livros em casa, com acompanhamento de familiares

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo