Educação

Chefe do Núcleo Regional de Cornélio Procópio tenta classificar matéria do Blog do Take como fake news

Gazeta do Povo

Após publicação da matéria, no domingo (19) onde foi anexado um vídeo em que a chefe do Núcleo Regional, se posicionando a favor das aulas presenciais, enfatiza aos pais quanto a necessidade dos alunos estar assistindo as aulas de forma presencial. Ainda deixou claro que caso não encaminhassem os seus filhos para a escola, poderão responder judicialmente,  pelo Conselho Tutelar, por estarem descumprindo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que garante os direitos da criança e adolescente a frequentar a escola.

A matéria questiona o fato  da Chefia do Núcleo Regional de Cornelio Procopio omitir as medidas de segurança impostas pela  Resolução da Secretária de Saúde-SESA 735/2021, em seu Art 7° e amedrontar os pais/responsáveis que só querem proteger os filhos, já que as crianças não foram vacinadas, nem com a primeira dose das vacinas que foram disponibilizadas até o momento para os adultos. A impressão é que os mais jovens não precisam da imunização.

Como ter segurança com o vírus letal? Já que o ambiente escolar esta seguro, conforme defende a chefe do Núcleo Regional de Cornélio Prócópio, porque então pedir a autorização para os pais, para que a criança retorne as aulas presenciais?

Coagindo os pais com ameaças, para que os filhos retornem as aulas presenciais, com a interferência do Conselho Tutelar, esse não é o caminho doa dialogo entre as partes. O que a Secretária da Saúde e da Educação do Paraná tem que agilizar, é o acesso a vacina para as crianças, adolescentes e jovens. Só assim vai se criar um ambiente tranquilo e seguro, onde os alunos poderão aprender e o estado cobrar atitudes responsáveis através dos Conselhos Tutelares quando uma criança estiver fora da sala de aula. Isso sim é a forma correta!

No momento, os responsáveis pelos alunos tem que buscar conhecer um pouco mais sobre os direitos e os deveres no que diz respeito a educação dos filhos. Só desse forma poderá  fazer valer os direitos dos alunos sobre a frequência nas escolas em tempo de pandemia.

A orientação é buscar informações nos Conselhos tutelares ou entrar em contato com a Secretária de Justiça, Família e Trabalho de cada região. Durante o covid-19, o procedimento teve mudança e isso precisa ser respeitado.

No vídeo, fica muito claro o posicionamento da chefe do Núcleo Regional de Cornélio Procópio, Eliandra Jaskiw, em defender a educação presencial. Como ela, a maioria da população paranaense também é a favor das aulas presenciais, mas com todos os alunos vacinados, para que não haja mais mortes nas escolas.

A chefe do Núcleo Regional de Cornélio Procópio disse da importância do aprendizado das crianças, adolescentes e jovens e que numa eventual evasão escolar o governo do Paraná, juntamente com a Secretária de Educação vão fazer valer o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) para falar sobre as denúncias aos pais.

Por outro lado, cada um que se contaminar com o covid-19, já que o governo do Paraná garante que o ambiente é seguro, deve entrar com ação indenizatória no judiciário. Ainda mais se for o caso de óbito, já que estão deixando de cumprir os protocolos de segurança publicados pela Resolução SESA 735/21, ainda em vigor.

A chefe do Núcleo Regional de Educação de Cornélio Procópio diz que o Blog do Take , foi o  responsável por lançar a desinformação e espalhar fake news quando publicou sobre a Função gratificada dos diretores das escolas estaduais do Paraná, em breve traremos uma reportagem especial sobre o tema; onde diretores estão recebendo, no contracheque, uma quantia referente a função de diretor e por ter as escolas com mais alunos no presencial. A informação partiu de uma diretora de um dos colégios no estado.  Uma pergunta, se não tem Função Gratificada porque alguém iria desejar ser diretor?

Eliandra Jaskiw, informa que a resolução da Secretária de Saúde do Paraná está sendo reinscrita, portanto, ainda não foi publicada, o que vale é o que está em vigor, onde aponta ser de responsabilidade dos pai escolher a forma de aprendizado dos filhos, se remota ou presencial. Não sei se a chefe do Núcleo Regional de Cornélio Procópio tem conhecimento, mas uma lei só vale após a sua publicação .

Quanto a acusação que fez ao Blog do Take de ser tendencioso, o problema é de quem ocupa uma vaga num governo genocida e que não tem o que mostrar, resolve atacar quando são questionados por um blog, um jornal e até mesmo pelo departamento jornalístico de uma emissora de rádio ou televisão.

A opção do trabalho desenvolvido por esse meio de comunicação, sempre vai ser a favor da vida e a orientação da equipe editorial é seguir cumprindo a legislação em vigor. Por isso, não é possível ser a favor da aglomeração e que poderá levar a morte prematura de crianças, adolescentes e jovens.

Em nenhum momento a afirmação foi que os diretores iriam receber gratificações para trazer alunos para a escola e sim que alguns diretores foram afastados e que poderão de responder processos administrativos, desrespeitando o processo democrático das escolas, na escolha do diretor.

Saiba mais: Atendendo a determinação da SEED chefe do Núcleo de Educação de Cornélio Procópio exige a volta dos alunos nas aulas presenciais

Chefe do Núcleo Regional de Cornélio Procópio tenta classificar matéria do Blog do Take como fake news
Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Topo