Paraná

Audiência debate deriva dos agrotóxicos na região de Maringá

Dálie Felberg/Alep

Debate proposto pelo deputado Tadeu Veneri, em parceria com o Fórum Regional de Combate aos Agrotóxicos de Maringá, acontece na terça-feira (14) a partir das 9 horas, com transmissão pela TV Assembleia.

No dia 14 de setembro será realizada mais uma audiência pública proposta pelo deputado federal Tadeu Veneri (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e da Cidadania da Assembleia Legislativa do Paraná. O tema atende a um pedido do Fórum regional de combate aos impactos dos agrotóxicos, da região de Maringá: Plano para combater a deriva dos agrotóxicos na Sericultura, Meliponicultura e Vitinicultura na região de Maringá.

Na região, aumentam as denúncias sobre os graves impactos no campo, em especial para a cultura do bicho da seda (sericultura), na criação de abelhas sem ferrão (meliponicultura), abelhas com ferrão (apicultura) e da produção de uva para vinhos, sucos, consumo in natura e uva passa (vitivinicultura). Corre-se, inclusive, o risco do colapso das colmeias, da mortandade dos bichos da seda por contaminação às amoreiras com diminuição da produção de casulos, entre outras questões cruciais.

“Quem paga a conta é o pequeno produtor rural, que acaba deixando de lado sua produção para buscar outras fontes de renda. Perdemos todos nós, que deixamos de ter produtos rurais de qualidade e com preço justo, que fazem nossa economia rodar de modo sustentável”, disse o deputado. “Essa não é a primeira vez que lutamos pela proibição dos agrotóxicos em nossos campos”, completou. Em 2018, a CCJ aprovou um projeto de lei de autoria de Tadeu Veneri sobre a proibição da pulverização aérea de agrotóxicos nas lavouras do Paraná.

O objetivo da audiência é promover a troca livre de experiências e a articulação entre rede, sociedade civil, instituições e Ministério Público.

Audiência debate deriva dos agrotóxicos na região de Maringá
Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Topo