Educação

Após debate com professores de todo o Paraná, listas de reivindicação estão finalizadas e serão entregues para Roberto Requião

Após intenso debate, envolvendo os profissionais do magistério de todo o Paraná, ficou pronto o documento reivindicatório que vai ser entregue para o pré candidato ao governo do Paraná, Roberto Requião, na passagem de sua caravana por Maringá, na região noroeste.

A ideia dos organizadores é levar ao conhecimento do líder político da oposição, a maneira que estão sendo tratados pelo atual governador e seu secretário de educação, e buscar mudanças no âmbito profissional.

Lista de reivindicações da Educação Paranaense ao Sr. Roberto Requião de Mello e Silva – candidato ao Governo do Paraná

O presente documento elaborado pelo grupo dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Educação, em apoio ao candidato, consiste em reivindicar direitos que foram suprimidos pelos governadores Carlos Alberto Richa e Carlos Roberto Massa Júnior. Nós reivindicamos:

1. Revogação da reforma Criminosa da previdência no estado, aprovada à força pelo Desgoverno do Rato;
2. Fim de toda perseguição e assédio por conta dos tutores do núcleo que tanto tem adoecido a nossa categoria;
3. Concurso com uma avaliação justa para todos;
4. Restabelecimento da nossa licença prêmio retirada;
5. Volta do PDE nos mesmos moldes da Era Requião;
6. Direito ao SAS para os PSSs.
7. Fim da prova para PSS, baseando-se na prova de títulos, como era nos moldes anteriores — prova somente para concurso público;
8- Devolução da jornada de trabalho em hora aula para Pedagogos e Pedagogas;
9- Fim da tutoria nas escolas;
10- Troca total de todos os que ocupam cargos nos NREs em todo o Estado do Paraná;
11- Fim de todos os projetos que se baseiam no retrocesso, ocorridos no desgoverno Feder/Rato: “Se Liga”, entre outros que estão obrigando professores a aprovarem alunos sem o mínimo de aprendizagem;
12- O retorno de representante da categoria no Conselho Estadual de Educação;
13- Abrir diálogo com a App sindicato e todos os órgãos de representação do funcionalismo;
14- Pagar a Data-base;
15- Respeito aos PSS e Agentes 1 e 2;
16- Revogação da imposição de Monitoramento das aulas dos professores;
17- Revogação das resoluções sobre o cargo de Presidente da APMF e Conselho Escolar;
20- Retorno das formações continuadas;
21- Fim da perseguição e das planilhas de monitoramento.
22- Rever a situação das Escolas Cívico Militares e aplicação de recursos;
23- Revisão da implementação do Novo Ensino Médio;
24- Reposição salarial;
25- Liberação das licenças especiais;
26- Fim da base teórica na Educação na perspectiva empresarial;
27- Melhoria no SAS;
28- Investimentos no primeiro emprego para os nossos jovens do Ensino Médio e apoio irrestrito ao Ensino Noturno de Ensino Médio Regular e valorização da EJA;
29- Investimentos na área da cultura com a volta do PROJETO FERA;
30- Melhoria na atenção básica dos profissionais com doenças terminais;
31- Atenção aos alunos e educadores com deficiência ;
32- Fim das Avaliações em série das Provas trimestrais Paraná;
33- Estabelecimento do trabalho nas escolas de forma exequível. Redução da quantidade de determinações para os Pedagogos;
34- Revogação do Novo Ensino Médio que só irá trazer perdas à Educação;
35 – Respeito aos recessos escolares;
36- Retorno das gratificações;
37- Tratamento humanizado a todos os profissionais da Educação durante as perícias médicas;
38- Cumprimento sem mais delongas da lei da nossa Hora-atividade com 33%da carga horária a qual temos direito;
39- Em suma, pedimos a revogação de todas as medidas arbitrárias e anticonstitucionais que o desgoverno do Rato e seus deputados aliados do camburão aprovaram contra a dignidade da nossa categoria.
40- Instauração de um processo investigativo para apurar todos os atos do desgoverno do Rato e seu secretário da Educação contra a nossa categoria.

Esperamos do fundo do coração que o maior e melhor Governador do Paraná de todos os tempos arranque a nossa Educação do fundo de poço em que se encontra e nos faça voltar a sentir orgulho do nosso sagrado ofício de ser PROFESSOR e PROFESSORA. RESPEITO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

REQUIÃO
O Governador da Educação

Esse documento surgiu após vários debates e consultas da categoria do magistério paranaense, membrada em diversos grupos das redes sociais com representatividade em todas as regiões do estado.

3 Comentários

3 Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo