Maringá

Reunião em Maringá, prorroga decreto de combate ao coronavírus até o dia 29

Nesta manhã aconteceu mais uma reunião para debater o novo decreto que será publicado em Maringá na segunda-feira (22).
Compareceram  a prefeitura, Ulisses Maia PSD) vice-prefeito Edson Scabora(MDB) presidente da Câmara, Mário Hossokawa, promotora de Justiça, Michele Nader e secretariado discutem a situação epidemiológica municipal e exemplos de medidas de contenção aplicadas em outras cidades.

A reunião é mais uma ação coletiva entre prefeitura e demais poderes para reforçar as medidas de combate à pandemia em Maringá.

A promotora de Justiça Michele Nader destacou o receio sobre a flexibilização de algumas atividades. Segundo ela “as pessoas perderam a consciência da gravidade do virus. Quando libera parques e outros locais, elas ficam mais tranquilas e se esquecem dos cuidados”.

O presidente da Câmara Municipal, Mario Hossokawa, adiantou a posição do Legislativo mediante o cenário. “Fizemos reunião com vereadores e firmamos pacto para não criar projetos beneficiando determinados segmentos”. Deu exemplo de projeto colocando igreja como essencial para que elas pudessem abrir. “Penso que não devemos amenizar o decreto. Evangélicas deveriam seguir o exemplo da igreja católica. E preciso que o bom senso prevaleça”. Complementou.

O secretário de Saúde, Marcelo Puzzi, apresentou balanço epidemiológica dos últimos 15 dias. “O número de pessoas infectadas caiu de 55 mil na 15ª regional para 23 mil. Outros indicadores sinalizam queda. Isso é causado pela diminuição da circulação de pessoas. O atual decreto que tem sido muito assertivo”, afirmou.

O prefeito Ulisses Maia afirmou: “Temos que conscientizar a população de que os números sobre transmissão melhoraram. Isso porque tomamos decisões antes mesmo de muitas cidades do Paraná. Ainda assim não podemos descuidar. Por isso é preciso manter por mais alguns dias as medidas e consolidar este quadro de diminuição dos índices epidemiológicos”.

A partir da compreensão coletiva dos presentes na reunião de que é necessário manter as medidas de prevenção, o município definiu que irá prorrogar o decreto 674/2021 até as 23h59 do dia 29 de março.

 

 

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo