juliotake

App de serviços pode ajudar manicures a encontrar clientes

São Paulo – capital. Belo Horizonte, Rio de Janeiro 2/9/2021 – Assim como o dinheiro, o cliente não cai do céu, nos é que temos de ir onde ele estiver e quando ele precisar.

Novo aplicativo detecta prestadores de serviços disponíveis para atendimento imediato nos bairros.

Segundo os dados são do Webshoppers 43 Ebit/Nielsen & Bexs Banco, nos últimos anos, o comércio eletrônico aumentou em 13 milhões com novos consumidores no Brasil em 2020, elevando em 29% o total de clientes online em relação a 2019. Mas este histórico vem ampliando geometricamente desde o início da pandemia e as grandes redes de marketplace constataram o aumento de 40% nas vendas, segundo a Abranet 60% das empresas que já usavam o e-commerce antes da pandemia, intensificaram suas operações virtuais, ou seja, as pessoas estão mesmo ficando em casa. E o que era uma exigência circunstancial, está virando uma tendência. Essa é uma realidade que veio para ficar e é percebida nos serviços, os salões de beleza, as academias de ginástica, bares e restaurantes amargam grandes perdas, pois o cliente sumiu e não há perspectivas de voltar ao nível anterior a pandemia.

Segundo José Augusto Santos, presidente da associação ABSB (Associação Brasileira dos Salões de Beleza), o estado paulista concentra uma fatia importante do setor de beleza no país e mais de 30% dos negócios encerraram as atividades e temos mais de 50% dos negócios com dívidas consideráveis.
No segmento de serviços autônomos de beleza, a questão não é só ampliar seu alcance geográfico, pois o cliente sumiu, mas sua necessidade de cortar unhas e cabelo não. Se antes os clientes cruzavam a cidade de bairro para bairro para usar serviços que na sua grande maioria podem e devem ser prestados por profissionais que estão bem ali no bairro do cliente, agora ele quer ser atendido em casa. É uma questão de saúde pública, mas o cliente pode estar descobrindo a lógica econômica, pois o custo do deslocamento, estacionamento e o estresse muitas vezes são altos.

As pandemias vieram para ficar e a tecnologia pode amenizar seus efeitos.

Potencializada pelo cenário do último ano, a internet é um canal importante para o posicionamento do prestador de serviços no que tange ao relacionamento com o cliente, embora popular, os modelos atuais não são tão inclusivos como parecem. Pois o que se constata é que não basta ter uma conta no Facebook, no Instagram ou um site na internet para fazer as coisas acontecerem, afinal são 1,8 bilhão de sites em todo o mundo, de acordo com a Internet World Stats. Resumindo, poucos são os que se destacam na rede mundial.
A pandemia tem demostrado ao prestador de serviços autônomos que é preciso se reinventar, não basta estar online em casa, salão ou consultório esperando o cliente chegar ou ligar, pois os boletos de cobranças vão chegar no final do mês.

Mas como se adaptar ou até mesmo sobreviver a essa realidade?

A saída é continuar usando a tecnologia como aliada, nesse cenário, uma startup de São Paulo, por exemplo, desenvolveu um aplicativo que busca ajudar manicures e prestadores de serviço em geral. O app Mabeco On Time é uma ferramenta que rastreia no bairro onde o cliente se encontra, num raio de 1 km do celular do cliente, os profissionais autônomos disponíveis para atendimento imediato, seja para o atendimento na residência, ou onde quer que o cliente esteja, como por exemplo num hotel.

Para os pesquisadores de universidades da Itália e dos Estados Unidos, em estudo publicado na revista acadêmica PNAS, as grandes pandemias vieram para ficar. “Devo dizer que não estamos fazendo previsões sobre o futuro. Estamos caracterizando a probabilidade de ocorrência de grandes epidemias com base em dados históricos”, disse o autor do estudo, William Pan, professor associado de saúde ambiental global na Universidade de Duke, ao site Gizmodo.

A tecnologia vem ajudando a sociedade no enfrentamento da pandemia, “os aplicativos ajudam o cliente encontrar o profissional desejado, mas é a disposição e o compromisso do profissional em ir até ao cliente que fará as coisas acontecerem, afinal, assim como o dinheiro, o cliente não cai do céu, nos é que temos de ir onde ele estiver e quando ele precisar. Ainda mais em tempos de pandemia”, concluiu Wiler Passos CEO fundador da Mabeco Serviços On Time.

Website: http://www.mabecoontime.com/app

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Topo