São Paulo, SP 18/2/2022 – “A cada ano conseguimos fomentar e capacitar ainda mais o ecossistema dos games e eSports”, afirma Nando Cohen, sócio fundador e CEO da BBL

Para ter êxito, empresas como a BBL, especialista em unir marcas e gamers, se tornam essenciais para a entrada nesse segmento

Em 2021, o mercado de games movimentou 126 bilhões de dólares, um crescimento de 12% de faturamento em relação ao ano anterior, de acordo com uma pesquisa da SuperData, departamento de análise e pesquisa da Nielsen Games. E cada vez mais empresas buscam associar suas marcas ao universo gamer, mas para uma campanha ter sucesso é preciso planejar e desenvolver um projeto de alta conversão para gerar resultado. E nesse cenário, entram as empresas especialistas na aproximação das marcas com o público gamer.

Considerada a maior produtora de eSports do Brasil, com apenas três anos e meio no mercado, a BBL é especialista em criar conexões genuínas com os apaixonados por games. Com foco em soluções 360º para marcas e publishers que desejam alcançar o mercado gamer, a empresa é responsável por planejar e desenvolver projetos tailor-made, soluções de negócios, bem como a criação de produtos e eventos proprietários.

Para se ter uma ideia do crescimento do segmento, no último ano a empresa conquistou 20 novos clientes e realizou mais de 50 projetos que ultrapassaram a marca de 105 milhões de views e tiveram mais de 32 milhões de pessoas impactadas. Foram mais de 2.400 horas de transmissão, o que equivale a mais de 300 dias, em ações que contaram com a participação ativa de mais de 2,5 mil colaboradores.

“A BBL nasceu para reunir e conectar todos os elementos do universo gamer, entregando mais profissionalismo e mais performance para o cenário. É uma empresa jovem, mas ao mesmo tempo com muita tradição e expertise. A cada ano conseguimos fomentar e capacitar ainda mais o ecossistema dos games e eSports”, afirma Nando Cohen, sócio fundador e CEO da BBL.

Projetos Especiais

Entre os projetos desenvolvidos pela BBL em 2021, destaque para o primeiro reality gamer do Brasil, uma ação realizada para a Motorola com o objetivo de descobrir novos talentos dos eSports. O PWR2GAME contou com 20 participantes que ficaram confinados em uma casa para disputar diversas provas e demonstrar suas habilidades em games. Os cinco vencedores assinaram contrato para representar a equipe Flamengo Esports, time brasileiro de esportes eletrônicos vinculado à tradicional equipe de futebol, no jogo League of Legends: Wild Rift, da Riot Games. O reality foi transmitido em episódios semanais no TikTok e na Band Sports.

Uma competição de dança realizada no TikTok foi o projeto criado pela BBL para a Credicard marcar sua entrada na plataforma de vídeo. O Credicard Move On Featuring Just Dance escolheu a melhor performance brasileira da série de games de dança mais famosa do mundo. Os vídeos da competição superaram a marca de 50 milhões de visualizações e, atualmente, a Credicard conta com mais de 100 mil seguidores no TikTok.

A primeira ação de games de Heineken 0.0 no mundo foi desenvolvida pela BBL. Com o objetivo de ativar a marca patrocinadora global da Fórmula 1, e tendo como premissa proporcionar experiência em todas as suas ações, foi realizado um torneio virtual do jogo de Fórmula 1 2021 entre pilotos profissionais, influenciadores e fãs da marca. Com superpalcos montados em diversos pontos da capital paulista, culminando na grande final em Interlagos no dia do GP, o projeto garantiu a imersão de diferentes públicos no universo gamer e contou com a participação de diversas mulheres.

Outras marcas que estão apostando no universo gamer e contam com a expertise da BBL são: O Boticário, Heinz, Melissa, Oakley e Lenovo.

Para 2022, a BBL projeta mais do que dobrar o faturamento. Já a expectativa de crescimento do segmento é de 9%, movimentando algo em torno de 200 bilhões de dólares.

Escrito por:

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Você também poderá gostar de:

[related_post]