juliotake

Prazo de entrega impacta experiência do consumidor

Empresas passam a utilizar mais a entrega de mercadorias aproveitando os bagageiros de ônibus

Caxias do Sul – RS 11/3/2022 – Essa mudança no mercado foi impactada por alguns pontos da jornada do cliente, levando em consideração o tempo de espera para retirada e entrega de mercadorias

Empresas passam a utilizar mais a entrega de mercadorias aproveitando os bagageiros de ônibus

A pesquisa feita pela Capterra apontou que 73% dos consumidores brasileiros esperam que e-commerce realize entregas ultrarrápidas, garantindo, assim, a compra pela internet. Segundo a mesma pesquisa, um quarto dos que responderam também afirmaram que trocariam de site em função do prazo de entrega ser mais curto. 

De acordo com a E-commerce Brasil, as compras realizadas pela internet tiveram uma expansão de 15%, referente à comparação entre dezembro de 2021 em relação ao mesmo período do ano anterior. A mesma pesquisa considerou os dados por região Norte (32,70%); Centro-Oeste (26,55%); Nordeste (23,69%); Sul (15,24%); e Sudeste (11,99%).

Outra pesquisa realizada pelo Mercado de E-commerce no Brasil, feita pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), dão o tamanho da receita que se abre para as empresas de ônibus rodoviários no país: são 38,5 milhões de consumidores, que produziram um recorde de faturamento no primeiro semestre de 2020. “Há uma tendência mundial pouco utilizada aqui no Brasil que é utilizar os espaços vazios dos bagageiros dos ônibus, reduzindo o tempo no frete para os consumidores de e-commerce”, avalia o CEO da startup de Caxias do Sul, Balcão Balcão, Glauber Gobbato. 

Para ele, essa tendência é justificada porque, ao contrário de outros modais, o ônibus não precisam estar com o bagageiro lotado para sair. “Como os ônibus têm horário de chegada e partida, isso proporciona uma garantia do horário de chegada, permitindo que o cliente possa programar a retirada da encomenda”, explica Gobbato. 

Experiência do cliente

A experiência do cliente tem sido um fator determinante para os e-commerces. De acordo com a E-commerce Brasil, cerca de 27% das empresas passaram a se preocupar com a rapidez da entrega e a experiência do usuário, desde o início da compra até o recebimento do produto. Ainda segundo a pesquisa, a maioria das empresas modificaram suas ferramentas e meios de entrega, visando uma melhor experiência. 

Gobbato conta que essa mudança no mercado foi impactada por alguns pontos da jornada do cliente, levando em consideração o tempo excessivo de espera para retirada e entrega de mercadorias, falta de rastreabilidade das cargas e formas de pagamento.

Segundo o Gartner, mudanças importantes nos modelos de negócios dispararam a automação nos centros de distribuição e atendimento no último ano, o que irá intensificar ainda mais em 2022 no que diz respeito a compras on-line. Haja visto que o faturamento do e-commerce teve um resultado expressivo no ano de 2021 com alta de 48,41%.

Para mais informações, basta acessar: www.balcaobalcao.com.br

Website: https://www.balcaobalcao.com.br/

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais acessadas

Topo