Anúncie aqui
Paraná

Professores do Processo Seletivo Simplificado 2020 não poderão ser dispensados, afirma áudio que o Blog do Take teve acesso

Na capacitação de professores, que aconteceu no início dessa semana, foi comentado que o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), o mesmo que odeia os professores e que tem o seu filho num colégio particular, cuja mensalidade é mais de 7 mil reais e a língua oficial para o ensino é o inglês, está em uma saia justa, segundo um áudio que vazou. A contratação dos novos professores do Processo Seletivo Simplificado, não tem respaldo jurídico  

 A informação é que o governador e mais o secretário de educação do Paraná, Renato Feder, estão enrolados com a contratação dos profissionais do Processo Seletivo Simplificado.  

 Se contratar, vão ter que pagar do próprio bolso ou então, não pagar os trabalhos desenvolvidos pelos professores.  

O áudio é claro:  o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) está proibido de contratar por conta do decreto emergencial da pandemia e vai ter que continuar com o corpo docente que estava em atividade até o final do ano passado.  Um castigo para o governador e seu secretário de educação. 

7 Comentários

7 Comentários

  1. Avatar

    Talita Bacc

    19 de fevereiro de 2021 às 15:36

    Como saber se procede esta informação. Eu fiz a prova e estou com problemas na pontuação, estou vendo para entrar com o mandado de segurança ai eu perco dinheiro se for verdade.

  2. Avatar

    Sonia zatra

    19 de fevereiro de 2021 às 15:39

    Boa tarde , qual decreto é este ? Precisamos saber para entrar com processo contra o governo , muitos estão sendo prejudicados por que a cebraspe não está aceitando pós ou mestrado sem anexo de defesa ou dissertação , coisa q desde 2010 já não precisa , até na graduação TCC já foi dispensado

    • Avatar

      Julio Take

      19 de fevereiro de 2021 às 16:14

      O decreto citado na matéria é aquele onde o estado foi considerado de calamidade pública.

      • Avatar

        Talita

        19 de fevereiro de 2021 às 17:42

        E ele cumpri algo? Ele mesmo assinou o decreto e depois fez tudo diferente

  3. Avatar

    Isabel Spohr

    19 de fevereiro de 2021 às 18:24

    É uma vergonha o que este governador juntamente com o secretário da educação estão fazendo com a educação no Paraná, vai acontecer o mesmo que do Estado de Santa Catarina, agora falta professores, pois está todo mundo caindo fora da educação, por ser uma profissão, que o governo do Estado do Parana é um faz de conta.

  4. Avatar

    Magda

    20 de fevereiro de 2021 às 13:41

    Essa informação não procede, era uma suposição de um diretor, eu achooooo.Foi enviada a minha pessoa e infelizmente tem gente que pega notícias no ar e lança para dar Ibope.
    A pessoa que me enviou o áudio pode ser prejudicada por isso.

    • Avatar

      Julio Take

      20 de fevereiro de 2021 às 17:21

      O áudio rodou primeiro o Paraná em vários grupos de Whatsapp, portanto a informação chegou e como blogueiro senti a necessidade de compartilhar e colocar a noticia da forma que ela é. Se é Fake News, conforme acusação dos entendidos e do Núcleo Regional de Dois Vizinhos em nenhum momento foi produzido pela reportagem e sim pela pessoa que passou o áudio para uma pessoa e essa mesma repassou para uma terceira, até ser divulgada nos grupos. Na literatura, Fake News são Notícias falsas nas formas de imprensa marrom que consiste na distribuição deliberada de desinformação ou boatos via jornal impresso, televisão, rádio, ou ainda online.
      Portanto, quem produziu a fake news foi a pessoa que aparece garantindo que o governador do estado do Paraná estava numa saia justa. Por outro lado, nós só reportamos o que estava circulando nos grupos.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncie aqui
Topo