Anúncie aqui
Internacional

Na Suécia, proposta de lei dará maior poder a governo para impor lockdown

Vista de Estocolmo, capital da Suécia (Foto: Edward Stojakovic/Flickr)

O governo da Suécia estuda impor uma lei que permite o fechamento de shoppings e outros centros de lazer, limite a oferta de transporte público e permita que cidadãos sejam multados caso não cumpram as regras de distanciamento social para conter o novo coronavírus.

Se aprovada, a norma entra em vigor a partir do próximo dia 10, com duração de nove meses. A regra pode ser estendida, caso a pandemia não esteja sob controle no país.

O país registrou 63 infecções por mil habitantes, uma das piores taxas da Europa. Também já há casos da variante da Covid-19 detectada no Reino Unido, embora tenha banido de forma temporária voos do país.

A Suécia teve 8,2 mil mortes causadas pela Covid-19 e tem registrado cerca de cinco mil casos por dia. Com a sobrecarga do sistema de saúde, a lei – que entraria em vigor apenas em março – foi tirada da gaveta.

O país tem evitado lockdowns e feito campanhas para encorajar a população a agir com responsabilidade. Até agora, também não dispõe de instrumentos legais para coagir os suecos a ficar em casa, informou a Reuters.

A ministra da Saúde, Lena Hallengren, afirmou em coletiva de imprensa que a medida visava diminuir as aglomerações pelo país. Agora, será possível determinar o número de pessoas permitidas em diferentes espaços públicos ou estabelecimentos comerciais.

Clique aqui para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os Mais Populares

Anúncie aqui
Topo